Suspeito de roubo a prédio de Lula em São Bernardo é preso

Policiais civis prenderam na madrugada desta sexta-feira, 21, no bairro da Mooca, zona leste de sp, o ajudante Maurício Pereira da Luz, de 27 anos. Ele é acusado de ser um dos quatro assaltantes que invadiram o prédio onde mora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo do Campo, no ABC, e roubaram um morador. O crime ocorreu em novembro do ano passado. O suspeito foi detido por investigadores da região enquanto caminhava na rua. Três criminosos ainda estão soltos.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), policiais conseguiram descobrir que, logo após o crime, Luz fugiu de carro para a Bahia, onde teria alguns parentes, e há nove dias retornou para São Paulo, e acabou surpreendido pela equipe do 70º Distrito Policial (Sapopemba).

Ainda ontem, a vítima do roubo ao apartamento, um funcionário do setor de finanças da Secretaria Municipal de Esportes da prefeitura de São Bernardo, esteve na delegacia e reconheceu Luz como o autor do crime em seu imóvel, localizado na Avenida Prestes Maia. No dia da invasão, a vítima, que tem 44 anos, contou que seu veículo Polo foi abordado por um Corsa preto e uma Saveiro vermelha. Dois dos quatro assaltantes usavam camisetas com inscrições da Polícia Civil, o que não levantou suspeitas.

O funcionário da prefeitura foi obrigado a descer de seu carro e a entrar em um dos veículos dos criminosos. Ele foi levado por dois ladrões para o prédio. No meio do caminho, os criminosos mostraram um cinturão para a vítima e disseram que se tratava de uma bomba que poderia ser usada contra ele em caso de reação. O grupo ainda ameaçou matar os filhos dele e seu motorista, caso não lhes desse dinheiro. No mesmo instante, o motorista da vítima ficou refém dos outros dois integrantes do bando.





Para acessar a garagem do prédio de classe média não houve muitas dificuldades. Um porteiro viu a vítima no carro dos criminosos, mas pensou que ele estava com conhecidos. Os assaltantes pegaram o elevador com a vítima e subiram até o 9º andar, apenas três abaixo da cobertura do ex-presidente Lula.

Os criminosos levaram R$ 8 mil do apartamento. Depois do crime, saíram do prédio com a vítima levando junto seu motorista. Os dois foram libertados numa estrada de terra. Nenhum deles teve ferimentos.

Fonte: Jornal da Tarde

Suspeito de roubo a prédio de Lula em São Bernardo é preso
Avalie!




Deixe seu comentário