Prefeitura de São Bernardo e Banco do Brasil firmam parceria para financiamento a taxistas

Parceria firmada entre a Prefeitura de São Bernardo do Campo e o Banco do Brasil vai permitir oferecer aos taxistas da cidade uma linha de financiamento exclusiva. O projeto foi apresentado para representantes da categoria na manhã desta terça-feira (14), no auditório da Cidade da Criança, no Jardim do Mar.

Os 302 taxistas da cidade podem comprar um novo veículo com juros diferenciados. Serão cobrados apenas 0,75% ao mês do montante financiado, limitado a 80% do valor do veículo, sem garantia adicional, e até 90% com garantia. O valor máximo financiado é de R$ 60 mil e não há cobrança de tarifas e nem de IOF. O taxista, que deve ser correntista do Banco do Brasil, terá até 60 meses para pagar, com carência de três meses.

Outra linha de financiamento apresentada foi o BB Crédito Acessibilidade. O taxista poderá financiar até R$ 30 mil para compra de equipamentos de acessibilidade para seu táxi e até mesmo óculos e lentes. A taxa varia de 0,57% por mês para quem tem renda até cinco salários mínimos e 0,64% para quem supera esse teto. Não há cobrança de IOF e o valor financiado pode chegar a 100%, podendo ser quitado entre quatro e 100 meses.

O veículo na cidade de São Bernardo deve ser zero quilômetro obrigatoriamente, de fabricação nacional, de passeio ou uso misto, quatro portas, de motor no máximo 2.0, ser a álcool ou bicombustível e ter seguro.

“O taxista é um grupo muito importante na nossa cidade e o prefeito tem feito um esforço especial para atender suas necessidades”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo. “Em breve vamos apresentar aos taxistas nossos investimentos em macrodrenagem e nossas ações de pavimentação por meio do programa Rua Nova”, completou.





Plano de mobilidade – Durante o encontro, representantes da Secretaria de Transportes e Vias Públicas, explicaram aos taxistas as principais ações do Plano de Mobilidade Urbana de São Bernardo do Campo.

A consultora especialista em planejamento de transporte urbano destacou as obras já concluídas pela Prefeitura, como a duplicação da Avenida Café Filho, a conclusão do Viaduto Moysés Cheid, a duplicação da Avenida Pedy Ronchetti, o rebaixamento da Nova Lions e a construção do Viaduto Rotary.

A consultora ainda citou a futura linha 18 do metrô, cujo projeto funcional foi bancado pela Prefeitura de São Bernardo e a construção de 12 corredores de ônibus. Ela também falou sobre os projetos de transporte fluvial, por catamarãs, na Represa Biillings, e o de metrô cabo, para as regiões montanhosas da cidade.

Fonte: Prefeitura de São Bernardo

Prefeitura de São Bernardo e Banco do Brasil firmam parceria para financiamento a taxistas
Avalie!




Deixe seu comentário